"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém,
posso apenas dar boas razões para que gostem de mim... e ter paciência para que a vida faça o resto.

(William Shakespeare)

EU

Desculpem-me se por ventura encontrarem erros por aqui.

Sou um ser em construção, em constante movimento de transformção e evolução.

Sou um ser humano.

Aqui você pode Copiar e Colar

Aqui você pode Copiar e Colar
mas vale também comentar e os devidos crédidos dar.

sábado, 17 de julho de 2010

Texto e Interpretação

1) Leia o texto com atenção.


Domingão

  Domingo, eu passei o dia todo de bode. Mas, no começo da noite, melhorei e resolvi bater um fio para o Zeca.
  - E aí, cara? Vamos ao cinema?
  - Sei lá, Marcos. Estou meio pra baixo...
  - Eu também tava, cara. Mas já estou melhor.
  E lá fomos nós. O ônibus atrasou, e nós pagamos o maior mico, porque, quando chegamos, o filme já tinha começado. Teve até um mané que perguntou se a gente tinha chegado para a próxima seção.
  Saímos de lá, comentando:
  - Que filme massa!
  - Maneiro mesmo!
  Mas já era tarde, e nem deu para contar os últimos babados pro Zeca. Afinal, segunda-feira é dia de trampo e eu detesto queimar o filme com o patrão. Não vejo a hora de chegar o final de semana de novo para eu agitar um pouco mais.

Márcia Paganini Cavéquia

2) Responda:
a) Você entendeu o texto?
b) Em sua opinião todas as pessoas que lerem o texto conseguirão compreendê-lo? Por quê?
c) As palavras sublinhadas no texto são:
( ) inglesas ( ) gírias ( ) francesas

d) Procure no dicionário o significado de:
• Gíria

e) Escreva as gírias sublinhadas no texto e seus significados.

Um comentário:

  1. Oi, minha xará!!! Estou trabalhando variantes linguisticas e achei o texto muito interessante.Ele contribuiu pra enriquecimento da minha aula.Continue postando novos textos. Bjs, Jeane

    ResponderExcluir

**Oi, que bom que você me visitou,
agora deixe uma mensagem.**